O que são gaitas oitavadas e trêmulos?

São tipos derivados da diatônica. A diferença básica é que cada orifício possuem duas palhetas (uma na placa superior e outra na placa inferior) que vibram juntas.

Na Tremolo, estas duas paletas estão afinadas com uma pequena diferença de frequência sonora, e ao vibrarem juntas produzem o efeito de vibrato (ou trêmolo), por isso o seu nome.

A Oitavada , como sugere o nome, tem características semelhantes a trêmolo, porém as duas palhetas são afinadas com diferença de uma oitava, para produzir um som mais forte e robusto. É algo semelhante ao violão de 12 cordas.

Como cada orifício utiliza 2 palhetas (uma na placa superior e outra na placa inferior) que vibram juntas para produzir a nota, a estrutura do instrumento é tal que todas as notas estão adjacentes umas às outras. Um orifício só produz som quanto soprado e o furo adjacente só quando aspirado. Por exemplo: na diatônica, para produzir as notas C e D, basta mudar a direção do ar (soprar e aspirar) no mesmo orifício, nestas outras gaitas (trêmolo e oitavada) é necessário soprar em um furo e aspirar em um furo adjacente, ou abrir mais a embocadura.

Estas gaitas possuem tamanhos variados, normalmente 16 ou 24 orifícios. A de 16 orifícios (32 vozes) tem abrangência de 2 oitavas, e a de 24 orifícios (48 vozes), 3 oitavas.

Layout das notas

Orifício 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16
Sopradas E   G   C   E   G   C   E   G  
Aspiradas   G   B   D   F   A   B   D   F

Se você tem uma gaita deste tipo, é possível usá-la para tocar quase todos os exercícios e tablaturas deste site. Basta, para isso, o seguinte artifício:

1. Recorte etiquetas adesivas com números de 2 até 9.
2. Considere que cada 2 orifícios duplos (2 colunas) seja uma “célula” que pode ser soprada e aspirada.
3. Cole a etiqueta de número 2 acima da primeira “célula”.
4. Cole as demais etiquetas, seguindo a ordem crescente.

A gaita mostrada anteriormente ficaria assim:

Célula 2 3 4 5 6 7 8 9

Orifício

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16
Sopradas E   G   C   E   G   C   E   G  
Aspiradas   G   B   D   F   A   B   D   F

Pronto, agora para testar, toque a seguinte tablatura:

4 -4 5 -5 -5 -5
4 -4 4 -4 -4 -4
4 6 -5 5 5 5
4 -4 5 -5 -5 -5

Se o que você ouviu foi a musiquinha “dó-ré-mi-fá”, então a numeração está correta. Se não deu certo, procure fazer alguma adaptação na numeração. Quando estiver OK, vá até a sessão de tablaturas e divirta-se.

Para entender um pouco melhor, não deixe de assistir o vídeo abaixo:

 

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *