História da Gaita

Há várias maneiras de falar o nome da nossa querida harmônica pelo Brasil e mundo a fora. Na maioria dos estados brasileiro é chamada de harmônica ou gaita, no sul do País é conhecida como gaita de boca, como também ouvimos falar realejo em algumas partes do Nordeste.

Tantos nomes são dados, porém nada mais é que um magnifico instrumento musical de sopro cujos sons são produzidos por um conjunto de palhetas livres e, quando bem tocada faz toda diferença onde quer que esteja.

 

SHENG

A harmônica teve sua origem em um antigo instrumento chinês, o Sheng, que foi inventado há mais de cinco mil anos e que funciona pelo princípio de palhetas livres. Esta técnica de produção sonora gerou uma grande família de
instrumentos acionados por foles ou bombas de ar, como o acordeão e a melódica.

Em 1821 um relojoeiro alemão chamado Christian Ludwig Buschmann,Christian Friedrich inventou um instrumento semelhante à gaita atual com 15 palhetas e 10 cm de comprimento, mas esse instrumento foi encarado como um brinquedo e não foi considerado adequado para a execução musical.

 

 

Em 1857 um outro relojoeiro alemão, Matthias Hohner,  Matthias Hohnercomeçou a fabricar as chamadas harpas de boca com 10 furos. O instrumento passou a vender muito bem na Alemanha, França, Itália e nos Estados Unidos.

Na Europa a gaita se tornou um instrumento muito popular na música folclórica e surgiram bandas e orquestras especializadas neste instrumento. Nos Estados Unidos foi muito utilizada na música country. Com o surgimento do blues no início do século XX, a gaita chegou ao seu auge e daí garantiu a participação em outros gêneros musicais, como jazz, folk music, rock and roll e até na música clássica.

Hoje com a popularização do instrumento existem diversos fabricantes de gaita espalhados pelo mundo, as principais são…

 

Hering e “Bends” no Brasil: 

gaitas nacionais gaitistarb 

Hohner e Seydel na Alemanha:

gaitas importadas gaitistarb

 

Suzuki no Japão:

suzuki harmonicas

 

 

 

Lee Oskar e Fender nos E.U.A:

 gaitas importadas 2 gaitistarb

 

The first factory  of the harmonicas Hering in August, 4th of 1923. Blumenau- Santa Catarina. Brazil

Focando agora no Brasil…as coisas não iam muito bem na pequena cidade de Blumenau no início da década de 1920. Com o fim da primeira guerra mundial, mas com a sua capacidade produtiva comprometida pelos danos da guerra, a Alemanha passava por grandes dificuldades no seu parque industrial.
 Isto não permitia aos colonos de Blumenau, como do resto do Vale do Itajaí, provenientes da Alemanha, a obter os produtos da sua terra natal e que tanto apreciavam.

 

 

Foi isto que estimulou Alfred HeringAlfred Hering a pedir dinheiro emprestado ao seu sogro, proprietário de uma loja de artigos domésticos e revendedor das Harmônicas Hohner, alemãs, instrumento musical muito apreciado na região, para iniciar a sua produção em Blumenau.

Assim, no dia 04 de agosto de 1923, nascia a Fábrica de Gaitas Alfred Hering com quatro operários além do próprio Alfred.

O sucesso, sem dúvida devido à boa qualidade do instrumento, já podia ser visto em 1935 com a conquista de diversas medalhas em feiras nacionais.
Na década de 40 começou a exportação dos seus produtos, entre eles uma harmônica com o nome “The Verity” encomendada pelo exército americano.

No início da década de 1960 a Hohner comprou a fábrica de harmônicas Hering e se manteve no Brasil até o fim da década de 1970.

Durante este período ampliou-se o mercado da Hering principalmente com exportações para os Estados Unidos.

Com a saída da Hohner do Brasil, diversos grupos passaram a ter o seu controle acionário até que em 1996 novos investidores assumiram a produção das Harmônicas Hering adquirindo o maquinário, ferramental e principalmente mantendo os principais colaboradores com larga experiência na produção destes instrumentos musicais.

Muito foi investido na criação de novos produtos a fim de atender as necessidades do mercado, cobrindo todos os estilos e atendendo muitas solicitações de profissionais. Também foram feitos grandes investimentos no desenvolvimento de novos materiais, novas ligas, novos designs e no treinamento da mão de obra. Tudo para oferecer ao mercado um produto cada vez melhor.

 

fabriga bendsNo ano de 2006, no interior de São Paulo, o gaitista e empreendedor Melk Rocha melk rochacomeçava a Bends Harmonicas, surgia no mercado com alguns tímidos protótipos que em pouco tempo se consolidaram em aproximadamente dez populares modelos de gaitas que rapidamente figuravam nos bolsos e nas bocas dos gaitistas. Porém lamentavelmente em 31 de Março de 2011,fecharam-se as portas.

 

fabrica hering

Hoje só temos as Harmônicas Hering no mercado nacional, competindo pau a pau com as gaitas gringas. Muito está sendo investido para temos um bom instrumento brazuka, com novos modelos, materiais e tecnologia!

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *